Tipos de Fossa Sépticas Negra e Sanitária | Desentupidora em Brasília
quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Tipos de Fossa Sépticas Negra e Sanitária

Sem comentários
O saneamento básico no Brasil é, ainda um assunto complicado, especialmente para os bairros mais humildes das grandes cidades e as pequenas cidades.

Muitos lugares ainda não dão tratamento adequado ao esgoto, permitindo-o correr a céu aberto, o que causa uma infinidade de doenças.

Uma parte integrante do sistema de esgoto são as fossas, mas existem vários de fossas, cada uma com seus prós e contras, que serão indicados neste texto.

Tipos de Fossa

Importante salientar que a construção adequada da fossa pode evitar uma infinidade de problemas na casa, como mau cheio, entupimentos e problemas estruturais e ecológicos (infiltração de detritos no solo e contaminação de lençóis freáticos).

Tipos de Fossa

Fossa Negra

Fossa Negra: A fossa negra é a mais simples, mas menos recomendável tipo de fossa, já que ela é simplesmente uma escavação sem nenhum tipo de cobertura ou proteção, o que tem a vantagem da simplicidade e da rapidez com que pode ser feita.

A principal desvantagem nesta fossa é que ela destrói o ambiente onde é feita, não sendo sustentável de forma alguma, além de permitir a disseminação de doenças pelo solo e contaminando qualquer lençol freático que passe pela região. 

É recomendável só como solução provisória, enquanto uma fossa definitiva está sendo construída.

Fossa Sanitária

Fossa Sanitária: A fossa sanitária é um tipo de fossa feita no caso de não existir uma rede de esgoto adequada. Neste caso, os dejetos provenientes dos banheiros são depositados nesta fossa, que tem como principal diferente da negra uma construção mais adequada, que impede que os dejetos contaminem o solo.

Tanto a fossa negra quanto a fossa sanitária devem ser limpas com muita freqüência, por empresas especializadas.

Fossa Séptica

Fossa séptica: O tipo de fossa mais recomendado para as residências é a fossa séptica. Já que ela usa um processo em três fases para devolver a água em um estado mais puro para a rede de esgoto, ou em casos em que ela não existe, para o ambiente. 

Primeiramente o esgoto é encaminhado para um tanque bom baixo fluxo de águia, onde a parte sólida é depositada no fundo do tanque, onde bactérias anaeróbicas começam a dissolvê-la.

O segundo tanque faz um processo filtragem, onde a água passará por um processo de filtragem, que retirará a maioria das impurezas restantes para que no terceiro tanque, também conhecido como sumidouro, a águia esteja pronta para ser descartada de forma mais sustentável, embora não esteja, de forma alguma própria para consumo.

desentupimento de fossa, manutenção e construção de fossas devem ser feitas pro profissionais qualificados, pois qualquer detalhe mal executado pode ter conseqüências desastrosas.
Compartilhe →





Sugeridos a você :

0 comentários:

Postar um comentário

© 2014 Todos Direitos Reservados.
Desentupidora em Brasília & Desenvolvido por iBarbosa